O fenômeno que muda a cor dos nossos dedos no frio

Sabe quando os nossos dedos mudam de cor quando estamos com frio, ficando brancos e depois azulados? Pode ser que seja fenômeno de Raynaud. Essa é uma condição onde os vasos sanguíneos dos dedos ou dedos dos pés mudam de cor. Ele pode ser inofensivo, ou um sinal de que algo está errado no seu organismo. Por isso, saiba como identificar e o que fazer.  

O Raynaud primário é quando ele não está associado a ela uma doença ou outra causa que explique essa situação. Quando os dedos dos pés e das mãos são expostos a temperaturas frias os vasos sanguíneos normalmente sofrem uma  contração e ficam estreitos com o intuito de conservar a temperatura do corpo.  No caso do Raynaud essa vasoconstrição é muito exagerada e é chamada de vasoespasmo, porque ele diminui dramaticamente a quantidade de fluxo sanguíneo.

QUANDO É UM SINAL DE QUE ALGO NÃO ESTÁ BEM

A causa exata primária do fenômeno de Raynaud não é conhecida. Ocorre frequentemente em pacientes com esclerodermia e também é visto em pacientes como lúpus sistêmico eritematoso, artrite reumatoide e outra doença autoimune ou reumatológica. Algumas medicações também podem causar o Raynaud secundário. Deve ser suspeito, se o correr mais tardiamente na vida, principalmente em homens ou se os sintomas ocorrem somente em uma mão ou um pé. De qualquer forma, procure um especialista, pois a mudança de cor pode ser sinal de uma doença mais grave.

 SINTOMAS

- Começa com o aparecimento súbito de dedos frios e com a mudança de cor.

- Dor, desconforto, uma diminuição da sensibilidade, um formigamento, sensação de várias punções por agulhas ou uma sensação de frio muito intenso nos dedos.  Na fase vermelha, pode sentir uma pulsação.

-No consultório médico o paciente pode aparecer completamente normal entre os episódios, embora você possa estar sentindo os dedos frios, a pulsatilidade pode estar normal.  

 - No Raynaud secundário na pele pode estar anormal com áreas doloridas, cicatrizes ou gangrena dos dedos.

Como fenômeno de Raynaud é diagnosticado?  

O fenômeno de Raynaud primário normalmente é diagnosticado com os sintomas. Os testes feitos em laboratório vascular, como ultrassom para medir o fluxo sanguíneo podem ser feitos.

TRATAMENTO 

- Evitar a exposição a temperaturas frias

- Se uma causa secundária é encontrada, o tratamento deve ser direcionado a causa,

-se o Raynaud corre por uma medicação, deve-se parar a medicação, com acompanhamento médico, se possível para avaliar se os sintomas melhoram ou desaparecem.

-Se é encontrado uma causa na função tireoidiana, o tratamento com hormônio tiroideano pode ajudar.

- Usar roupas quentes, evitar cigarro, limitar cafeína e reduzir o estresse (yoga e meditação são atividades recomendadas).  

- evitar meias e sapatos apertados

- cuidar da pele, hidartando mãos e pés

- Remédios prescritos pelo médico, apenas em casos mais graves da doença. Nunca se automedique.

Últimas Notícias

Informe

SOCIEDADE BRASILEIRA DE ANGIOLOGIA E DE CIRURGIA VASCULAR - SBACV RS 
REGIONAL DO RIO GRANDE DO SUL 
Av. Ipiranga 5311 sl. 108 / AMRIGS / CEP: 90610-001
vascular@sociedadesonline.com.br
Copyright © 2016 - SBACV RS - Todos os direitos reservados

Desenvolvido por Dableo Comunicação

Vascular - Regional RS - Sociedade Brasileira de Angiologia e de Cirurgia Vascular